agosto 01, 2008

Homenagem póstuma ao coreógrafo AUGUSTO CUVILAS

Augusto Cuvilas
Foto de Chico Carneiro

A caminho do oitavo mês do desaparecimento fisico o coreógrafo Augusto Cuvilas, a Companhia Nacional de Canto e Dança em parceria com o Centro Cultural Franco-Moçambicano, organiza de 28 a 30 de Agosto, um festival de Dança Contemporânea em memória do coreógrafo morto em Dezembro de 2007.

Neste Festival, a CNCD vai repor as coreografias Penas de Outubro e Nzunze – O espírito do Mar, de autoria do coreografo Augusto Cuvilas. Dentre grupos nacionais e internacionais, estao confirmadas a presenca do Projecto Cuvilas e dos bailarinos Sello Pesa, da África do Sul e Katharina Vogel, da Suíça.

Coreógrafo,Bailarino e professor, Cuvilas é uma das referências quando se fala da dança contemporânea em Moçambique. Em 2004 recebeu o prémio de melhor coreógrafo no concurso África e Oceano Indico com a peça Um solo para Cinco.

3 comentários:

Nyabetse, Tatinguwaku disse...

É uma homenagem merecida. A Danca perdeu muito com o assassinato do Augusto. Pergunto-me sempre: Oque será feito aos policias que o mataram?

Anónimo disse...

É com muita pena que não estarei presente nessa homenagem do meu melhor concelheiro,porque o nível de músico conteporaneo que tenho hoje foi gracas 100 porcento ao Augusto Cuvilas, ele será sempre minha referencia na arte.
Viva CUVILAS

Paola disse...

Olá!

Este blogue vai permitir-me saber mais deste país, conhecer as suas "mãos". Parece-me importante manter vivps seus os ecos culturais.

Cumprimentos