abril 04, 2007

UM HOMEM HUMILDE...

...Já escutava algumas melodias do baixista Moçambicano Gito Baloi, sob influência de um grupo de amigos, Era o meu baptismo nojornalismo, mais tarde com as maravilhas das novas tecnologias, a Internet, tive mais informações sobre Gito Balói, uma artista que como outros alcançaram o sucesso a partir da África do Sul.

Passam três anos após a sua morte, nada sabemos sobre os verdadeiros autores do crime que na madrugada de 4 de abril de 2004 tiraram a vida de Gito Balói na baixa de Joanesburg quando regressava à casa depois de um concerto em Pretória.

Um Homem com muita experiência por transmitir...infelizmente os seus sonhos foram limitados, Gito Baloi cantou o Amor, a Paz e tinha em vista o regresso a terra natal Moçambique após aos 50 anos de Idade.

Fisicamente Félix Gito Baloi não está entre nós, mas reside na alma de cada amante de sua música. Gito Balói nasceu em Maputo, aos 30 de Setembro de 1964 e foi assassinado à 4 de Abril de 2004.

A quem devemos cobrar a morte do nosso filho, irmão, neto, sobrinho, primo....que além fronteira sempre representou esta linda nação, Moçambique?



4 comentários:

Capitão-Mor disse...

Devo-te adiantar que gosto muito dos Irmãoes Verdade! Não são da tua terra, mas são excelentes...

mãos disse...

Concordo contigo. Mas fazem parte do meu continente-Africa. Eles são Angolanos tem vindo cantar para o povo Moçambicano. Se por Cá passarem mandarei fotos dos concertos em Maputo.

Um abraço Capitão. Até Breve

Olho Atento disse...

"Sul Africano um dia pagará" uma canção antiga cantada em Angola no tempo das invasões da SAF (South african army forces).

sombra disse...

Caro Ouri
sou o Miguel, do blog À Sombra dos Palmares. obrigado pela tua visita e pelo comtntário. estou a ler o teu blog com muito interesse, é óptimo. gosto muito das entradas sobre arte e artistas de Moçambique.
grande abraço